Blog_2508

O relógio biológico e os ritmos biológicos

Os horários de sono são em parte condicionados pela adaptação individual. Na maioria dos casos, seus ciclos são de 24 à 28 horas, mas existem também casos onde os ciclos podem alcançar até 50 horas. Diariamente não ocorrem estas variações, pois, além do sol, existem indicadores de tempo, como a hora de comer, de trabalhar e de dormir, ditadas pelo relógio, que forçam o organismo a seguir o medidor de tempo social.

Algumas pessoas podem se perder diante destes indicadores e passando a apresentar doenças. Aposentados que moram sozinhos são um exemplo. Sabe-se que as pessoas que apresentam ciclos maiores que 24 horas podem sofrer mais ansiedade e ter dificuldades em levar uma vida normal. Dessa forma, os trabalhadores que convivem com trocas de turnos e pessoas que não mantêm uma rotina regular, acabam perdendo seus indicadores de tempo, desenvolvendo assim, princípio de insônia.

Fonte: bit.ly/29vP1Y2